Riviera Maya: as excursões a não perder

A Riviera Maya não se resume, de facto, a praias relaxantes, de água cálida e transparente, pelo que é ilógico, no meu entender, passar todo o tempo de estadia na região sem cruzar a soleira da porta do resort. E tudo aquilo que está para além do limite desta é tão ou bem mais interessante de ver. Senão vejamos: a zona oferece a oportunidade de voltar ao passado e permite tentar perceber de que modo se estruturava uma das sociedades mais avançadas e cultas de sempre, os Mayas. Simultaneamente, proporciona aventura para quem gosta de parques temáticos (Xcaret, Xel-Há e Xplor são bons exemplos disso) e inunda-nos com uma reserva natural imensa, repleta de corais e mais praias paradisíacas (que tal uma ida à Isla Mujeres?).

É a pensar no aproveitamento de todas estas potencialidades pelos turistas que os operadores turísticos já sabem o que devem oferecer. E os turistas estão, na sua maioria, muito bem entregues, depois de comprarem os pacotes em questão. O valor das excursões não está incluído no pacote contratualizado para a estadia no resort, pelo que ao preço inicial se deve somar mais alguns dólares, que encarecerão um pouco a viagem. Mas, garanto, vai valer a pena.

Este post vai servir, justamente, para apresentar as múltiplas excursões que são oferecidas para visitar os pontos mais luxuriantes da região. Simultaneamente, serão apresentados preços de referência, propostos pela maioria dos operadores turísticos, bem como uma série de recomendações para que se possa usufruir a 100% das viagens adquiridas. Mas vamos falar das atrações turísticas.

Chichen-Itzá (100 U$D): como ir ao México e não visitar, nem falar deste Património da Humanidade, uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno, que é o maior ex-líbris da região e, quiçá, de todo o país? É impossível não voltar ao passado quando estivermos a desfrutar desta joia da arqueologia Maya. No local, há que explorar e admirar os majestosos edifícios daquela cidade Maya, em particular a pirâmide Kukulcan, o templo sagrado dos guerreiros, o observatório, o cenote sagrado, entre vários outros.

Pirâmide de Kukulcan, em Chichen-Itz

Cobá (90 U$D): Trata-se de uma outra cidade maya, mas rodeada totalmente pela exuberante selva tropical. É ali que se encontra a mais alta pirâmide maya de toda a península do estado do Yucatán.

Pirâmide de Cobá | Fonte: Wikipedia

Tulum (25 U$D): Geralmente, trata-se de uma excursão de meio-dia apenas. Tulum é uma verdadeira cidade amuralhada e distingue-se do conjunto de cidades mayas por ser a única que se conserva inteiramente à beira-mar. É um lugar ideal para tirar fotos e, simultaneamente, para aproveitar um banho refrescante nas águas da sua praia.

Tulum

Xcaret (120 U$D): É o parque temático mais caro da região, mas quem nunca ouviu falar dele? A palavra Xcaret significa pequena baía. É um lugar repleto de atrativos, com rios subterrâneos, uma imensa lagoa, uma baía ainda maior, muitas tartarugas, borboletas gigantescas, uma vila maya e uma réplica de um autêntico cemitério mexicano. O parque veste-se ainda a rigor, todas as noites, com um espetáculo que vai desde o jogo de bola maya, passando pela conquista e os bailes típicos com todo o folclore mexicano.

Xcaret

Xplor (120 U$D): Outro parque temático, mas destinado aos mais aventureiros. Tem slide, carros anfíbios, grutas para exploração, rios subterrâneos, entre outros.

Xplor | Fonte: Xplor

Xel-Ha (80 U$D): É uma maravilha natural e simultaneamente um grande parque temático. Oferece atividades terrestres e aquáticas.

Xel-Ha | Fonte: Xel-Ha

Sian Ka’an (145 U$D): É uma reserva natural, cujo percurso é inteiramente feito dentro de jeeps e de barcos. Durante o percurso, é possível nadar com golfinhos, ver tartarugas imensas e observar aves de espécies exóticas. Para quem gosta de praticar snorkel, nadar nos corais e deleitar-se com praias paradisíacas no meio do nada, esta é a excursão ideal.

Sian Ka'an | Fonte: Unesco

Estas são as excursões mais vendidas aos turistas e que permitem melhor compreender a região. Mas existem outras, nomeadamente um tour de compras por Cancún, uma ida à Isla Mujeres, ou a Cozumel, entre várias outras.

recomendações que devemos, forçosamente, seguir para que tudo corra pelo melhor nestas excursões. A saber:

  • Obrigatório levar roupa cómoda e confortável, bem como calçado (se possível ténis) apropriado para caminhar;
  • É preciso protegermo-nos do sol, com chapéus, óculos e cremes solares;
  • Indispensável levar câmara ou máquina de filmar (nas zonas arqueológicas cobra-se 45 pesos mexicanos pelo uso da câmara de vídeo);
  • Trazer fato de banho e protetor solar biodegradável;
  • Em zonas de coral, o Governo mexicano cobra 30 pesos mexicanos ou três dólares pela proteção das áreas coralinas;
  • Trazer toalha de banho do hotel;
  • Munir-se de repelente, sobretudo para excursões na selva;
  • Nos parques temáticos, o visitante tem de deixar por pessoa 20 dólares de fiança pelo uso de equipamentos de snorkel, toalhas, chaves de cacifos, que são devolvidos após a sua entrega em bom estado;
  • Levar dinheiro em efectivo, e não cartão de crédito, para compras pessoais (pesos mexicanos ou dólares são as moedas preferenciais, embora as populações locais comecem a aceitar cada vez mais euros como forma de pagamento).

Optei por comprar as excursões a Chichen-Itzá, a Tulum e a Xcaret, mas tive oportunidade de nadar ainda em cenotes e visitar Ek’Balam, um outro centro de cultura maya, onde ainda foi possível subir os degraus da sua imensa pirâmide. É o único local em toda a região onde ainda é possível fazê-lo, uma vez que este, até à altura da minha estadia no México, era pouco visitado. É destas viagens que falarei, em pormenor, nos meus próximos posts dedicados à Riviera Maya.

Anúncios

About Desporto: viajar

Jornalista de profissão, devorador de viagens por paixão. Sempre que me quiserem encontrar, vou estar por aí.

Trackbacks / Pingbacks

  1. Riviera Maya: Dicas a reter « Desporto: viajar - 23 de Abril de 2012

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: