Riviera Maya: Tulum e o imenso mar das Caraíbas

Tulum  não é tão surpreendente como Chichen-Itzá, mas tem o seu encanto. Na verdade, trata-se da única cidade Maya construída junto do mar das Caraíbas. A convivência das águas quentes mexicanas com resquícios da civilização Maya justifica a ida a este local. Eu sugiro, porém, que a visita seja feita antes de conhecer Chichen-Itzá para que Tulum consiga também envolvê-lo.

À entrada de Tulum

As boas-vindas

De acordo com algumas inscrições que podem ser encontradas no próprio local, Tulum deve ter sido fundada no ano de 564 e terá funcionado como porto de pesca e porto comercial de Cobá que, em 650, estava em pleno apogeu. A cidade era designada pela civilização Maya de “Zamá”, ou seja “Cidade da Aurora”. Para os Mayas, Tulum significava também “parede” ou “barreira”. E a explicação parece ser óbvia: toda a cidade está rodeada por uma extensa muralha de pedra, que se justifica atendendo à excelente posição estratégica que esta ocupa.

Será?

Perspetiva geral de Tulum

Tulum foi um ativo centro de redistribuição de produtos estrangeiros, a maioria dos quais oriundos da própria América central. A vida diária era ocupada com a política, o misticismo, os rituais religiosos, as artes e as observações astronómicas, especialmente do planeta Vénus. A maioria das construções em Tulum está organizada por ruas e divididas por zonas residenciais, de culto, entre outras. O castelo e o templo dos frescos são os principais ex-libris das cerca de 60 construções que ainda podem ser vistas na cidade. Eis algumas fotos:

Tulum

Tulum

Tulum

Tulum e o mar caribenho

E depois da visita, nada como um bom banho refrescante nas águas quentes e revigorantes de Tulum. Calçado confortável, toalha de praia, protetor solar e muita água são indispensáveis nesta visita. Tulum está situada a cerca de uma hora de carro da cidade de Playa del Carmen. Geralmente, as entradas custam 38 pesos mexicanos, mas são gratuitas para crianças com idade até 13 anos. Para quem leva máquina de filmar é cobrada uma taxa de 30 pesos mexicanos. As ruínas estão abertas ao público das 8 às 17 horas.

A descida para a praia de Tulum

A praia de Tulum

Anúncios

About Desporto: viajar

Jornalista de profissão, devorador de viagens por paixão. Sempre que me quiserem encontrar, vou estar por aí.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: