Portimão: a movimentada Praia da Rocha

A praia da Rocha, em Portimão, bem no sul do Algarve, é um dos destinos turísticos de praia mais conhecidos de Portugal, alvo da preferência de 9,5 em cada 10 turistas que ficam na cidade. Os portugueses só por si adoram o Algarve. E adoram a cidade. Quem não vai para fora, faz férias ali mesmo. Além da muvuca portuguesa, os estrangeiros, de todas as nacionalidades e mais algumas (desde que sejam do resto da Europa), também levam a cidade ao colo. Especialmente nesta altura do ano.

Praia da Rocha

Todo o concelho de Portimão tem uma vasta frente de praias, que vai desde a magnífica vila de Alvor até à zona da praia da Rocha. Pelo meio ficam as fabulosas praias do Vau, Prainha, Careanes ou Três Castelos. Mas é na Rocha que os veraneantes se concentram. Recortada por altas falésias e cheia de equipamentos de apoio de praia, os areais têm mais de um quilómetro de comprimento. Os acessos fazem-se pela avenida da Praia da Rocha, onde se sucedem hotéis, bares, esplanadas e um casino, que culmina na Marina de Portimão. A zona foi requalificada por inteiro há alguns anos atrás.

Três Castelos

Praia dos Careanes

Apesar da confusão em que se transforma a praia e avenida da Rocha nesta altura do ano, passei ali uns dias no final de Julho. O hotel, Plaza Real, foi marcado pelo Booking a preços altamente aliciantes. Sim, aliciantes porque geralmente as quantias que se gastam no Algarve nesta época dariam para fazer férias em Roma, por exemplo. Na verdade, o Plaza Real, que está situado a 700 metros da praia da Rocha, era uma sucessão de aparthotéis com piscina, garagens e mesa de bilhar. Ideal para umas férias que se resumiram a praia e pouco mais. O corpo assim o pedia.

A piscina comum do complexo

Perspectiva do Plaza Real

Mas quem quer agitação, tem-na todas as noites na Avenida da Rocha. Além da zona ter os melhores cafés, bares e discotecas da cidade, tem também boas ofertas gastronómicas, como o restaurante “Food & Wine” (que tem uma comida imbatível e uma vista deliciosa sobre a praia da Rocha e o mar), o “Safari Restaurant” ou o “Bamboo Garden” (para quem é apreciador de comida chinesa). Os preços começam nos 7 euros. O tamanho da carteira acabará por ditar, uma vez mais, o nível da despesa. Além de uma farmácia, aberta 24 sobre 24 horas por dia, há ainda a destacar o “International Press Center”, o posto da polícia PSP (não vá acontecer algum dissabor) e o posto de turismo, onde poderá obter informações sobre a cidade ou sobre os arredores algarvios, como as cidades de Lagos, Albufeira, Vilamoura (só para citar algumas), ou os parques temáticos ZooMarine, Slide&Splash, Aqualand ou Aquashow.

Entrada da avenida da Rocha

Comércio & Souvenirs

Manhã pacata na avenida da Rocha

Hotel com fachada deslumbrante, Rocha

Eu só tive 4,5 dias de férias pelo que não quis passear muito por fora da cidade. O meu objectivo era fazer exclusivamente praia. Apanhar aquele bronze, ficar com aquele tom de pele que ambicionamos todo o ano, mas que só no Verão conseguimos ter. A oferta hoteleira para Portimão não tem fim. Basta saber o número de zeros que tem na sua conta bancária e há de tudo para todos os gostos. A cidade está próxima do aeroporto internacional de Faro (capital do Algarve), uns 50/60 quilómetros, e há autocarros (ônibus) que ligam frequentemente os dois locais. Também tem trem suburbano, mas o serviço está velho e é ineficiente. Se vem de carro, apanhe a A22 (Via do Infante) ou a Nacional 125. Se passar pela primeira não se assuste se receber a conta em casa. É que a antiga SCUT deixou der ser gratuita e é agora paga. Se vem do Norte (Lisboa ou Porto), apanhe a A2 ou a Nacional 2.

Mapa do Algarve com Portimão em destaque | D.R.

NOTA: Em breve, inicio o relato do Vaticano, da maravilhosa piazza San Pietro, da cúpula e basílica com o mesmo nome, do museu do Tesouro, das filas para entrar nos museus vaticanos, da capela Sixtina… Enfim, de todas aquelas coisas boas de que ouvimos falar quando alguém vai a Roma. Antes, tinha de apanhar boleia na procura turística para o Algarve/Portimão e colocar este post. Se for caso disso, boas férias, que eu cá vou voltar ao trabalho.

Anúncios

About Desporto: viajar

Jornalista de profissão, devorador de viagens por paixão. Sempre que me quiserem encontrar, vou estar por aí.

2 responses to “Portimão: a movimentada Praia da Rocha”

  1. (En)canto da Parvoice says :

    Tem o seu encanto, mas…demasiada confusão para mim. Nas férias gosto de passear à vontade, sem medo de me perder no meio da multidão, com espaço para esticar as pernas na toalha… Para passar um fim-de-semana, em Junho ou Setembro, gosto. Mas para desfrutar das minhas férias, prefiro optar por outros destinos.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: