Egito: Dia 7 – À descoberta da Cidadela

Chegando à Cidadela

Chegando à Cidadela

O que o Museu Egípcio teve para mim de desilusão, a Cidadela compensou nessa mesma tarde com admiração. E isto porque se trata de um verdadeiro complexo fortificado e do maior exemplo vivo no Cairo da arquitectura islâmica, com vários exemplos de mesquitas dos Mamelucos e dos Otomanos, assim como do tempo de Salah al-Din. Arrisco, por isso, a dizer que a Cidadela é talvez o monumento mais belo que o Cairo tem para mostrar aos visitantes, isto claro após as pirâmides de Gizé e a esfinge. Não por acaso, é uma das atracções mais turísticas da cidade.

IMG_3657

À porta

IMG_3658

A Cidadela, por onde começar?

Fundada por Salah al-Din em 1176, a Cidadela foi casa por quase 700 anos dos governantes egípcios. Esta herança variada está reflectida no conjunto de mesquitas, museus e ameias que se encontram dentro do seu recinto. A principal zona do local, e naturalmente a mais turística, fica no recinto sul onde a Mesquita de Mohammed Ali, do séc. XIX, ofusca todo o resto. E, no local, compreende-se porque assim é.

Eu subindo a ldeira em direcção à Mesquita de Mohammed Ali

Eu subindo a ldeira em direcção à Mesquita de Mohammed Ali

Simplesmente linda a Mesquita de Mohammed Ali

Simplesmente linda a Mesquita de Mohammed Ali

Esta mesquita remete-nos imediatamente para Istambul, não tivesse ela sido construída em estilo turco entre 1830 e 1848. Mandada construir pelo reformista Mohammed Ali, o pai do Egito moderno, a mesquita Mohammed Ali pretendia rivalizar com as congéneres do império Otomano. Como já referi, a mesquita revela linhas turcas, com uma grande cúpula central e dois minaretes altos e finos. No pátio interno da mesquita, o destaque recai sobre um relógio oferecido pelo rei Luís Filipe, de França, em troca do obelisco egípcio da Place de la Concorde, em Paris. Na altura da entrega, contudo, o relógio ficou danificado e assim permanece infelizmente desde então. No interior, destaca-se o túmulo do criador da mesquita, totalmente em mármore, no lado direito do vasto espaço da sala de orações.

IMG_3671

Para o interior

IMG_3674

O pátio interior

IMG_3678

O tecto

IMG_3704

Ensinando o Islão

E foi no interior da mesquita de Mohammed Ali que tive os primeiros ensinamentos do Islão. Os básicos, claro está.

A crença e a adoração de um ‘Deus Único e Verdadeiro’ é a pedra angular da crença de um muçulmano. Este Deus toma o nome de Allah, uma palavra formada pela combinação de outras duas em árabe: ‘Al’ e ‘ilah’. A primeira significa ‘A’ e a segunda ‘Deus’. Quando ambas se juntam, referem-se a ‘O Deus’, que implica ‘O único Deus’ ou ‘O único Deus Verdadeiro’. Os muçulmanos acreditam que Muhammad é o Profeta final de uma longa cadeia de profetas enviados para o chamar o povo à obediência e a adoração de Deus. Alguns desses profetas incluem Adão, Noé, José, Jacob, Abrãao, Davi, Jesus e Moisés. E não se pense que o culto a Deus passa apenas pela oração, o jejum, a caridade ou a peregrinação. Os estudiosos muçulmanos definem-no antes como uma ‘totalidade de acções, pensamentos e práticas que toda a pessoa faz para agradar a Deus’. Muito interessante a meu ver.

O guia ensinando o básico do Islamismo

O guia ensinando o básico do Islamismo

Apesar de a principal atracção ser mesmo esta mesquita, as muralhas da Cidadela abrigam ainda outras mesquitas (como a de an-Nasr Mohammed e a do Paxá Solimão, que não vi) e ainda alguns museus e palácios. Destacam-se o museu da polícia, o militar, o do coche e ainda o palácio Al-Gawhara, um museu repleto actualmente de mobiliário, retratos e efígies em tamanho natural de Mohammed Ali e outros monarcas e seus cortesãos.

Uma das muralhas da Cidadela

Uma das muralhas da Cidadela

Pontuada por várias torres e portas, as muralhas da Cidadela estendem-se no total por mais de 3 quilómetros. A entrada não se faz pela porta outrora principal, mas sim pela porta da Montanha (a Bab al-Gebel) ou porta Nova (Bab al-Gadid). As partes mais antigas da muralha são as que delimitam o recinto norte. Mas é no recinto oposto, a sul, que as melhores vistas para as outras cúpulas e minaretes do Cairo podem ser obtidas.

IMG_3708

Vista para as mesquitas de Sultão Hassan e ar-Rifai

IMG_3709

Ibn-Tulun, ao longe

IMG_3725

Um deleite para os olhos

Logo em primeiro plano, o nosso olhar recai sobre as mesquitas do Sultão Hassan e de ar-Rifai e, bem mais ao longe, sobre a mesquita de Ibn Tulun. Tinha planos para ir visitar esta que é uma das maiores e mais antigas do país, construída entre 876 e 879 d.C., mas a mesma, infelizmente, está interdita a visitas. Ainda assim, e tendo as fotos acima como exemplo, porque não perder um pouco mais de tempo e tentar ver o limite do Cairo e as suas vistas? Desde a Cidadela, isso é quase possível.

Planta da Cidadela | D.R.

Planta da Cidadela | D.R.

Informações úteis:

  • Localização: A Cidadela encontra-se em Sharia Salah Salem, em pleno Cairo Islâmico. Não há metro para o local.
  • Preços: A entrada custava 50 LE (5,40€) em Novembro de 2012. Para aceder às muralhas do recinto norte é necessário pagar um valor extra.
  • Horários: No Verão, o local abre às 8h e encerra às 18h. No Inverno, fecha uma hora mais cedo. Os museus são visitáveis até às 16:30. O local está fechado nos feriados religiosos locais.
  • É possível fotografar no interior da mesquita, mas igualmente obrigatório respeitar as regras da adoração, isto é, descalçar à porta.
  • Cuidado com as roupas que vai vestir. A Mesquita de Mohammed Ali, apesar da crescente tolerância, ainda é um local muito respeitado pelos egípcios.
Anúncios

About Desporto: viajar

Jornalista de profissão, devorador de viagens por paixão. Sempre que me quiserem encontrar, vou estar por aí.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: