Barcelona: passeando no Parc de la Ciutadella

bruno 376

Plaça des Armes, parc de la Ciutadella

Já saímos tarde da visita à Casa Batló nessa manhã. Continuava a chover torrencialmente pelo que os planos iniciais de caminharmos pela zona do Passeig de Gracìa para almoçar num bom restaurante caíram por água abaixo. Optámos por uma solução bem prática, tendo em conta a chuva que caía: almoçamos no Mc’Donalds situado no outro lado da avenida, bem em frente à Casa Batló. Odeio fast-food, mas, tendo em conta o panorama, não via muita alternativa. E não podia deixar que o planeamento que tínhamos feito para essa tarde fosse comprometido pela chuva. Não podíamos perder tempo.

bruno 375

Cruzamento de linhas de metro em Barcelona, alagada completamente

Depois do almoço, ingerido assim muito depressa, voltámos a apanhar o metro na zona do Passeig de Gracìa e seguimos pela Linha 4 até à estação de “Barceloneta”. O objectivo era andar um pouco pelo Parc de la Ciutadella, o maior pulmão verde da cidade. Nessa altura da tarde, a chuva torrencial tinha dado algumas tréguas e tinha sido substituída por chuviscos que, apesar de não molharem muito, incomodavam bastante.

bruno 379

Eu, no Parc de la Ciutadella

O Parc de la Ciutadella é uma zona muito popular da cidade. Possui um grande lago com barcos, laranjais e muitos papagaios que vivem nas palmeiras ao seu redor. O parque chama-se assim porque por ali existiu uma cidadela antigamente em forma de estrela. Essa fortaleza nasceu da oposição da cidade à sucessão dos Bourbons e destinava-se  a albergar soldados que tinham a tarefa de manter a ordem e a paz. Nunca foi, contudo, usada para esse fim. A cidadela foi, mais tarde, destruída, dando agora lugar ao parque que conhecemos, construído em 1888, quando teve lugar a Exposição Universal.

Perto do Jardim Zoológico, também existente no Parc de la Ciutadella

Perto do Jardim Zoológico, também existente no Parc de la Ciutadella

Apesar da demolição da Cidadela, persistiram alguns edifícios característicos dessa época, nomeadamente o do arsenal, que hoje em dia sedia o Parlamento Catalão e o Museu d’Art Modern; o do Palácio do Governador, que é hoje em dia uma escola; e, por fim, a capela, actualmente ainda usada pelo exército. Não é possível ver por dentro o Parlamento da Catalunha, apesar de eu bem ter tentado, e também não quis perder tempo vendo os museus sobre arte moderna ou de geologia, este último um outro espaço museológico que também existe no local.

Parlamento da Catalunha

Parlamento da Catalunha

Aquilo que realmente mereceu a minha atenção, apesar da chuvinha irritante e persistente, foram os jardins da Plaça des Armes que se concentram numa cascata em redor de um arco triunfal, inspirado, pelo seu criador, em parte,  na magnífica Fontana di Trevi, de Roma. O projecto foi executado pelo arquitecto Josep Fontseré, mas teve a mãozinha hábil do jovem Antoní Gaudí.

O tempo acabou por passar muito depressa, pelo que saímos do parque pelo Passeig Lluís Companys, onde se encontra o Arc del Triomf. De tijolo, em estilo mudéjar, tem esculturas alegóricas ao artesanato, indústria e comércio. O friso existente na parte de cima do arco representa a cidade a saudar os seus visitantes. O da retaguarda evoca uma distribuição de prémios. O arco era a porta principal da Exposição Universal de 1888, de que falei acima.

Arc del Triomf

Arc del Triomf

bruno 393

Apanhando de novo o metro

Depois da visita a esta zona da cidade, apanhámos o metro no Arc de Triomf até à estação Passeig de Gracìa. Nessa estação mudámos de linha e seguimos pela L3 até à estação Palau Reial. O motivo: conhecer os museus da cerâmica e do têxtil e indumentária, motivo do próximo post aqui no Desporto: Viajar.

Informações úteis:

  • É possível chegar ao Parc de la Ciutadella através do metro, saíndo na estações de “Barceloneta” e “Ciutadella – Vila Olímpica”, ambas na L3, ou então, na estação “Arc de Triomf”, esta última na L1;
  • A entrada é gratuita e o parque abre das 9h às 21h;
  • Está apto a receber pessoas com mobilidade condicionada.

NOTA: Para ver tudo o que já foi publicado sobre Barcelona, clique aqui.

Anúncios

About Desporto: viajar

Jornalista de profissão, devorador de viagens por paixão. Sempre que me quiserem encontrar, vou estar por aí.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: