Museus de Barcelona: legado de Miró

bruno 464

O edifício da Fundació Joan Miró

Quem gosta de arte, especialmente a menos consensual, vai achar imperdível a Fundació Joan Miró, situada na colina de Montjuïc, em Barcelona. Para quem não o conhece, Joan Miró foi um pintor catalão, um dos artistas mais relevantes de todo o séc. XX, inventor e praticante de um estilo surrealista. André Breton, considerado um dos líderes do Surrealismo, definiu Miró como «o mais surrealista de todos os surrealistas», reconhecendo assim a sua imaginação única e capacidade inventiva.

Joan Miró, o líder dos surrealistas | D.R.

Durante um período de 60 anos, desde as suas primeiras pinturas, datadas da década de 20, Miró produziu uma obra que inspirou tanto jovens escritores e pintores como o público em geral, o que demonstra bem a sua sensibilidade relativamente ao mundo que o cercava. Agora, todo o seu legado está aos olhos de todos numa fundação (museu) que leva o seu nome e que reúne algumas das suas obras mais significativas. Um verdadeiro legado para a posteridade.

Exposição permanente I | D.R.

Exposição permanente II | D.R.

Exposição permanente III | D.R.

A exposição permanente, apelidada de “Joan Miró, la escalera de la evasión”, reúne mesmo mais de cinco dezenas das suas principais obras demonstrando que a sua tendência de isolamento contemplativo era acompanhada, em paralelo, por um grande envolvimento com a situação sócio-política vivida naquele tempo. As primeiras salas da exposição exploram os vínculos de Miró com a sua Catalunha natal, o contacto com Paris e a sua liberdade criativa surrealista.

Obras como La Masía (1921-1922), A Terra Lavrada (1923-1924) ou Paisagem Catalã, O Caçador (1923-1924) são os destaques nesta parte da exposição.

La Masía (A Quinta), Miró | D.R.

La Tierra Labrada, Miró | D.R.

El Cazador, Miró | D.R.

A secção central da exposição permanente expõe as obras de Miró que relatam o drama do artista nos tempos da Guerra Civil Espanhola e da II Guerra Mundial. Obras como a Natureza Morta do Sapato Velho, produzida em 1937, ou Constelações (de 1940 a 1941) reflectem bem esta sua nova linguagem pictórica.

Naturaleza Muerta del Zapato Viejo, Miró | D.R.

Constelaciones, Miró | D.R.

Já as últimas salas da exposição demonstram a produção do artista durante a etapa final da ditadura franquista, com obras como Maio de 1968 (1968-1973) ou o tríptico A Esperança do Condenado à Morte (1974).

Mayo de 1968, Miró | D.R.

Tríptico La Esperanza del Condenado a Muerta, Miró | D.R.

A visita a esta fundação vale a pena porque toda a obra de Miró é recheada com cores vivas e formas fantásticas que nos deixam de olhos arregalados e, na maioria das vezes, completamente desconcertados. O edifício onde a colecção permanente se encontra foi projectado pelo arquitecto Josep Lluís Sert após o regresso da democracia a Espanha em 1975. Além das pinturas, a colecção é composta ainda por múltiplas obras gráficas do artista, bem como esculturas e tapeçarias expostas sob luz natural. Foi o próprio Miró que ofereceu aquelas que ele considerava as suas melhores obras.

bruno 466

Eu, junto a fundació

bruno 468

À entrada

Além da colecção permanente há também exposições temporárias de outros artistas.

Vista da Fundació Joan Miró | D.R.

Informações úteis:

  • Localização: Parc de Montjuïc:

  • As entradas são pagas (11€) e as visitas realizam-se de 3ª a Domingo das 10 às 19h. Nos meses de Verão, a fundação fecha uma hora mais tarde. Aos Domingos fecha às 14:30 e às 6ª às 21:30;
  • Não é possível fotografar no interior;
  • Há restaurante e bar;
  • Pode apanhar as linhas 2 ou 3 do Metro de Barcelona e sair na estação Paral-lel. Daí, sem precisar de procurar muito, há que apanhar o funicular de Montjuïc que o deixa na encosta de Montjuïc,

NOTA: Para ver tudo o que já foi publicado sobre Barcelona, clique aqui.

Anúncios

About Desporto: viajar

Jornalista de profissão, devorador de viagens por paixão. Sempre que me quiserem encontrar, vou estar por aí.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: